6º Passeio Ecológico


 

No dia 26 de Julho, e m um Domingo de férias escolares, fomos a um ponto alto da cidade de Rubim próximo de sua zona urbana, uma antiga caixa d’água, próximo a AABB para assistir ao nascer do sol e fazermos o já tradicional picknik. Saímos por volta das 5 da manhã da chamada "pracinha do Hospital". Segundo dados observados no site "tempo agora", a manhã seria muito fria, com temperatura mínima de 16ºC, mas devido ao vento que era muito constante, a sensação térmica era muito inferior à previsão. No alto o vento era ainda mais forte, mas proporcionava um espetáculo  belíssimo, que era trazendo constantemente as cortinas de neblina sobre a cidade. Apesar de termos chegado às 5:30 o nascer do sol só ocorreu às 6h e 11 minutos, estávamos com sono e sentindo muito frio mas a beleza daquilo que vimos compensou todas as adversidades! 

Neblina, citada no texto acima

Este foi a cena descrita no texto acima, em que o vento trazia  a nevoa. 

 

Este acontecimento maravilhoso pode ser visto em todos os cantos do mundo compreendidos entre os dois círculos polares, mas com tamanha beleza, e com um fundo privilegiado você encontra  privilegiadamente em Rubim-MG. S6301195-1

Desde pequenos ouvimos que o Sol nasce no leste e se põe no oeste. Nos livros, existem até aqueles desenhos em que um homenzinho com os braços totalmente abertos, em forma de cruz, nos ensina a colocar o direito na direção do nascer do Sol, o "leste", para deduzirmos que o norte fica à nossa frente, o sul nas costas e o oeste na direção do braço esquerdo, oposta ao leste. O detalhe é que a aplicação desse método, como nos é apresentado pelo desenho tradicional, raramente funciona. Quando observamos o pôr-do-sol, diariamente, ao longo de um ano, notamos que, em certa época, o fenômeno ocorre no horizonte mais à nossa esquerda e, em outra, mais à direita. O mesmo observamos quando acompanhamos o nascimento do Sol no mesmo período. Portanto, se a posição está mudando, o Sol não pode estar nascendo sempre no leste e se pondo sempre no oeste, afinal de contas, o leste e o oeste, para uma mesma localidade, não mudam de posição.

    

Anúncios
Categories: made in rubim, Passeios Ecológicos | Etiquetas: , , , , , | 1 Comentário

Navegação de artigos

One thought on “6º Passeio Ecológico

  1. josé ricardo

    muito bem ,eu estive aí em rubim no dia 25-11-2009,sou irmão de tim,moro em itamaraju na bahia,é isso aí menino muita boa idéia sua ,quero ve sempre isso notícias da minha cidade.

|| EXPONHA SUA OPINIÃO ||

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: