Hidrografia rubinense


Hidrografia de Rubim

Águas Superficiais

As principais drenagens são o rio Rubim e o ribeirão Rubim de Pedra, ambos pertencentes à bacia do rio Jequitinhonha. A rede de drenagem apresenta um padrão dendrítico fortemente controlado pelas direções estruturais NNW-SSE e NNE-SSW, perceptível em trechos do rio Rubim de Pedra e do córrego Água Sempre-Viva, entre outros. Na porção sul a densidade de drenagem é baixa sobre gnaisses e granitóides.

 

 

Águas Subterrâneas

No município de Rubim podem-se distinguir três domínios hidrogeológicos: o dos terrenos cristalinos, composto pelas rochas metamórficas do Neoproterozóico, rochas granitóides neoproterozóicas sin a tardicolisionais e pós-colisionais; o das coberturas detríticas do Cenozoico e o das aluviões do Quaternário.
O domínio cristalino encerra o sistema aquífero fissural. É caracterizado pela ausência de porosidade primária, onde a ocorrência de água subterrânea está condicionada a uma porosidade secundária. Esta porosidade é representada por descontinuidades (estruturas tectônicas rúpteis) como fissuras, fraturas e fendas. O potencial hidrogeológico é dependente da densidade e intercomunicação dessas descontinuidades, aspecto que geralmente se traduz em reservatórios aleatórios e de pequena extensão.

Fonte: MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA, 2005

Anúncios
Categories: Hidrografia | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

Navegação de artigos

|| EXPONHA SUA OPINIÃO ||

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: