A realidade de Rubim


Rubinenses se mostram indignados com a situação atual do município

Saulo Xavier participando das manifestações em Belo HorizonteNas últimas semanas o povo brasileiro deu uma aula ao poder constituído do que é ser um cidadão, mostrou sua força nas ruas e pediu resposta imediata. Presidentes, governadores e prefeitos se viram perplexos perante o levante popular que quer ver o retorno dos abundantes impostos cobrados a tudo, e à todos! As manifestação, que começaram em grandes centros urbanos, levou às ruas habitantes de cidades do interior também, democratizando o apelo por melhorias nos serviços públicos à esfera municipal.

Esse debate agora é feito por rubinenses, ausentes e presentes ao município, questionam as condições dos serviços públicos oferecidos na cidade. Ruas sem calçamento, esgoto à céu aberto, hospital sem condição para atendimento, entulho nas ruas e educação sucateada, são algumas discussões levantadas no Facebook.

A não funcionalidade do governo municipal não é exclusividade da atual administração, Rubim não conhece o significado da palavra “prosperar”. Enquanto as cidade circunvizinhas já convivem com ruas asfaltadas, Rubim ainda tem ruas sem “pedrinhas” assoladas pelo mato, lixo e muito entulho. Além disso, a cidade não tem secretaria de Meio Ambiente que, sem nenhum  controle sobre sua área rural, Rubim tem apenas 7% de sua vegetação natural preservada, segundo a EMATER.

Rubim com esgoto à céu aberto ruas sem saneamento básico

A saúde em Rubim está caótica, o único hospital da cidade não tem condições de atender aos quase 10 mil habitantes, enquanto os postos de saúde não abrem nos fim de semana, até porquê as pessoas só adoecem e se acidentam em dias úteis. Na semana passada, dois estudantes de Belo Horizonte publicaram um vídeo que critica a atual situação do hospital São Vicente de Paula, porém, para sua surpresa da dupla de universitários, por motivo de força maior, foi pedido que o vídeo saia do ar. Leitores do blog pediram para que seus comentários fosse excluídos, a pedido também de força maior.

Saulo Xavier, um dos idealizadores do vídeo com Kawan Dutra sobre o hospital, enalteceu a positividade da repercussão  na rede. “Com essa iniciativa estamos conseguindo doações, recursos financeiros e um convênio com a COPASA, onde você que desejar contribuir financeiramente poderá autorizar o débito automático direto na conta de água do valor que desejar para ajudar o nosso hospital a continuar exercendo os seus trabalhos. Poderíamos confeccionar um boleto, mas graças a ações efetivas de todos nós do MECOJEQUI, do MADE IN RUBIM e da ASSOCIAÇÃO AVIVA o hospital de Rubim será o primeiro do Estado a possuir esse convênio, se todo o processo contratual der certo.”

Viva Rubim!

ACOMPANHE OS REPASSES DE VERBAS PARA RUBIM: CLIQUE AQUI

Categories: politica, Rubim MG | 3 comentários

Navegação de artigos

3 thoughts on “A realidade de Rubim

  1. Guga

    Repressão em pleno século XXI. Soube que a Prefeitura tem assessores encarregados apenas de bisbilhotar as redes sociais e passar tais informações ao “chefe” coagindo assim aqueles que, porventura, dependem de algum serviço ou autorização por parte do gabinete. Atacar os que criticam é mais fácil do que fazer alguma coisa de útil. Vejo em Rubim muitas pessoas reclamando de promessas não cumpridas (Desde dentaduras até transferências de funcionários). Muitos agora têm vergonha de protestar porque se dedicaram tanto nas campanhas, assumiram tão bem o papel de “advogado do diabo” que agora se escondem e apenas resmungam pelos cantos ou por medo do Coronel ou por vergonha em assumir que fez cagada. Se serve de consolo eu digo a vocês: Independente de em quem você votasse, você teria feito cagada de qualquer jeito. Reclame! É um direito seu independente de em quem você votou!

  2. na verdade rubim sempre foi atraso total, tem mta gente inteligente mas sempre grupinhos mafiosos que mandam, normal do interior brasileiro, já desisti da cidade ha mto tempo, lamentável….

  3. O Rubim vai de mal a pior, etc, as ruas e os esgotos começam a fazer e não terminam nunca. Não teve morsegas agora tem, devido os esgotos, aqui precisa e de detectara toda a cidade porquê se não as muriçocas carregam as pessoas enfim nunca eu a vi Rubim dessa situação!

|| EXPONHA SUA OPINIÃO ||

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: