Posts Tagged With: Cultura

Pra frente Rubim?


maxresdefaultA cidade de Rubim é pequena e pacata, um ótimo refúgio pra quem gosta de tranquilidade. Essa calmaria só é quebranda quando as festas típicas entram em cena. Quem nunca se reuniu em torno de uma grande fogueira de são João na antiga praça das acácias, ainda na terra batida, para soltar traques e/ou beber quentão; quem não se lembra dos homens vestidos de mulher durante o carnaval na praça, ou perambulando pela cidade; não há quem não se encante pelo cortejo do boi. Isso já faz parte da alma do município.

Entretanto, boa parte destas tradições vem sendo deixadas de lado. Não houve natal e réveillon na praça, o carnaval vai se limitar às machinhas organizadas pelos próprios foliões – diferente do ano passado, leia –  e tradições, como a do boi de janeiro, estão sempre na eminência de não desfilarem por falta de recursos. O que está acontecendo na terrinha?!

Segundo a prefeitura, o problema da cidade é a ausência de recursos, em especial com a diminuição brusca de repasses no fundo de participação dos municípios, FPM. Porém, segundo o site do Tesouro nacional – acesse aqui – em Janeiro de 2009 a cidade recebeu o montante de R$ 504.237,97 de FPM, enquanto no último mês de Janeiro o repasse foi de R$ 1.188.331,90. Então, por que Rubim continua tendo cortes em lazer, esporte e cultura? Continuar a ler

Anúncios
Categories: Cidade, Cultura, made in rubim, rubas, Rubim MG, rubim vale do jequitinhonha, vale do jequitinhonha | Etiquetas: , , , , | 8 comentários

Folias da Cultura


A cultura do vale e os Pontos de Cultura

Por Alba Dutra

FOLIAS DA CULTURAA cultura do Vale do Jequitinhonha tem lugar de destaque no cenário nacional. São saberes e fazeres diversos de um povo que luta para preservar sua terra e ver seus filhos crescendo e vivendo com dignidade, sem ter que abandonar o lugar onde nasceram.

São muitas as iniciativas e projetos que versam sobre a valorização da cultura e a preservação dos bens culturais materiais e imateriais dos municípios do Vale. Entretanto todos eles esbarram na questão da sustentabilidade, devido à dificuldade de captação de recursos para sua continuidade.

No Vale há artesanato, folia de reis, congado, catopês, batuques, histórias, cordéis e loas cantadas e contadas, que revelam a faceta multicultural do Vale do Jequitinhonha. Continuar a ler

Categories: Cultura, kawan dutra, made in rubim, Ponto de cultura em Rubim, vale do jequitinhonha | Etiquetas: , , , , , , , , | Deixe um comentário

Boi de Janeiro


No período que se segue ao ano-novo, mais precisamente de 01 a 06 de Janeiro, circula pela cidade o único grupo que mantém a tradição do “Boi de Janeiro”, a versão regional da Folia de Reis. Esta manifestação é organizada pelo grupo folclórico Coquis, cantando louvores à Santo Reis, Bom jesus e São Sebastião.

Personagens

  • Boi de Janeiro
  • Maria Manteiga
  • João Calado (Bate-na-cara)
  • Lobinha de Ouro
  • O Velho
  • Os Foliões
  • As pastorinhas

Boi de Janeiro e Maria Manteiga Maria Manteiga Boi de JaneiroBoi de JaneiroBoi de JaneiroBoi de Janeiro

Continuar a ler

Categories: boi de janeiro, Cultura, made in rubim | Etiquetas: , , , | 2 comentários

Vale tem 7 Premiados em Culturas Populares


O Ministério da Cultura, por meio da Secretaria da Identidade e Diversidade Cultural (SID/MinC), publicou, no dia 3 de fevereiro,no Diário Oficial da União (Seção 3 págs. 10 a 13), o Edital de Resultados nº 2, de 02 defevereiro de 2010, com a lista dos selecionados no Concurso Público PrêmioCulturas Populares 2009 – Edição Mestra Dona Isabel.
O Prêmio, que tem investimentos de cerca de R$ 2 milhões do MinC, contemplará, nesta edição, 195 representantes das culturas populares brasileiras, entres mestres e representantes de grupos/comunidades informais e formais.
O Prêmio Culturas Populares 2009 homenageia a artesã ceramista do Vale do Jequitinhonha Dona Isabel Mendes da Cunha, e teve 2.833 iniciativas inscritas, 2.308 das quais foram habilitadas.
As iniciativas vieram de todo o país, sendo assim distribuídas: 51% da região Nordeste, 30% doSudeste, 8% do Sul, 7% do Norte e 4% do Centro-Oeste. Em relação à categoria,1.159 projetos foram de mestres; 872 de integrantes de grupos/comunidadesinformais e 277 de integrantes de grupos/comunidades formais.

Vale do Jequitinhonha é destaque: Maria do Bode e Mestre Antônio Bastião

Os 195 prêmios, de R$ 10 mil cada, foram distribuídos entre 60 mestres e 135 integrantes de grupos/comunidades formais e informais.
Entre os 7 mineiros agraciados está Dona Maria Simplício, a conhecida foliã “Maria doBode”, residente na cidade de Almenara – MG, no Baixo Jequitinhonha.

Grupos: artesãos e foliões

Dos grupos formais e informais, 135 foram homenageados pelo Ministério da Cultura. Minas teve 20 representantes. Todos são foliões ou artesãos. Cinco são do Vale do Jequitinhonha: a Folia de Reis da cidade de Jequitinhonha; os Coquis, o Boi de Janeiro, de Rubim; os Fios do Vale, de Medina; as artesãs de tecelagem, de Roça Grande, em Berilo; e as artesãs de cerâmica de Campo Alegre, em Turmalina.

Categories: Cultura, made in rubim, vale do jequitinhonha | Etiquetas: , , , , , | 4 comentários

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: